Google oferece 100 PB de armazenamento cloud gratuito, gigante acirra concorrência com a Amazon Web Services e disponibilizará Nearline gratuitamente para novos usuários por até seis meses.

O Google anunciou o lançamento comercial do Nearline, um serviço de armazenamento em nuvem que até então rodava em fase beta. Apresentado em março, a ferramenta agora promete 99% uptime, I/O sob demanda, gerenciamento de ciclo de vida e um ecossistema expandido de parceiros, como The Actifio, Pixit Media, Unitrends, CloudBerry Filepicker, Veritas/Symantec, NetApp, Iron Mountain e Geminare

Para atrair os clientes de outros provedores, o companhia disponibiliza o Nearline com 100 petabytes gratuitos de armazenamento (o equivalente a 100 milhões de gigabytes) por até seis meses para os novos usuários. Comercialmente, a empresa cobra US$ 1 centavo por gigabyte, orçando a promoção anunciada em US$ 1 milhão por mês.

O I/O sob demanda também será gratuita pelos primeiros 3 meses. A funcionalidade foi projetada para permitir que as empresas cresçam suas situações I/O onde precisarem recuperar dados com velocidade superior à fornecida pelo Nearline, de 4MB/s por terabyte de dados armazenados.

Concorrendo diretamente com a Amazon, o Google até criou uma calculadora de TCO (custo total de propriedade) para estimar a economia das empresas se migrarem seus dados da Amazon Web Services para o Nearline.

Quem decidir mudar de provedor contará com o Cloud Storage Transfer Service (antigo Online Cloud Import), que migrará quantidades volumosas de dados de localizações HTTP/HTTPS como a Amazon S3. “Você será capaz de configurar uma única migração de dados ou marcar transferências recorrentes”, explicou o gerente de produtos do Google, Avtandil Garakanidze.

O Cloud Storage Transfer Service também permite aos usuários desempenharem o gerenciamento de ciclo de vida, incluindo arquivamento automático para o Cloud Storage Nearline e scheduled deletions.

Fonte: Computerworld

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *